Cadernos, cadernos, cadernos! – Miolito em Madrid

eu-no-parque

Faz um mês que cheguei na Espanha, e já tava na hora de atualizar isto aqui! Admito que aproveitei para descansar um pouco e tomar um tempo para mim… depois de trabalhar tanto nos últimos tempos, senti a necessidade de chegar em Madrid e relaxar. Agora com as baterias recarregadas e o curso finalmente começando, muita produção está por vir! 😀

Mas ainda não falarei sobre meu curso, porque este post já está na fila de espera a muito tempo (culpa do meu perfeccionismo!). Como mostrei no meu instagram e facebook a um mês atrás, recebi pelo correio um presente maravilhoso, uma caixa cheia de cadernos artesanais da Miolito ❤ Eu, uma pessoa viciada em cadernos, óbvio que surtei. Já faz tempo que namoro os produtos da Cajila e do Felipe (que são os responsáveis pela marca), mas como estou tentando controlar meu consumo por cadernos, resolvi esperar acabar os que eu já tinha, antes de adquirir novos. Mas olha o destino, no fim aqui estou eu cheia de cadernos de novo! Haha. Mas desta vez o momento é totalmente favorável, já que estou num curso de estamparia que valoriza muito o desenho manual, e com certeza os cadernos vão acabar rapidinho.

1_2

Então agora vamos a parte baba-ovo <3. Eu não apenas recebi cadernos, mas chegou pelo correio uma caixa que dentro havia um lindo pacote, com meu nome escrito num coração, e vários cadernos diferentes, coloridos, todos lindamente embalados, com descrições técnicas, tudo feito à mão. Eu achei tudo tão impecável que demorei SEMANAS para abrir os cadernos. Poderia colocar num quadro. Sem contar que veio junto uma cartinha escrita pela Cajila dedicada especialmente a mim, que me fez ter a sensação que nos conhecemos. Adorei todo o cuidado com tudo, além das embalagens que já mencionei, os cadernos em si são muito bem costurados. Qualidade nota dez 😀

2

17

3

Mas porque eu demorei tanto para abrir? Como sempre minha cabeça inventa coisas e no fim vou mudando de ideia e algo que era para ser simples, como testar os cadernos e contar sobre isso no blog, acabou virando uma crise de “que tema vou usar para desenhar nos miolitos??”. Sim, eu quis fazer um tema, e algo que tivesse a ver com Madrid, já que vim morar aqui. Depois de descartar mil ideias, gostei do plano de pintar/desenhar lugares que descobri nesta cidade maravilhosa. Então não será apenas um post falando sobre cadernos, mas também dando dicas legais de onde ir em Madrid 🙂 (Também mais pra frente farei um post exclusivo sobre isso, turismo “ilustrativo”, ou algo assim, hehe).

5

Começarei pelo primeiro lugar legal que descobri por acaso. O Parque del Oeste. Escolhi o caderno Sketchbook Aquarela Kiwi porque senti que tinha que ser uma aquarela de paisagem. A folha é de 300g, papel canson, exatamente o bloco que estou usando atualmente, que recomendei no post sobre meus materiais. Gosto bastante, e não tive problema nenhum em fazer uma pintura bem aguada. O legal é que mesmo se o papel enrugar um pouco, o elástico que fecha o caderno é ótimo para juntar as páginas e deixar elas retinhas novamente. E sobre o parque, ele é GI-GAN-TES-CO, e tem lugares ótimos para picnic e jogar uma canga pra dormir a siesta.

8

14

O segundo lugar que descobri foi o Museo ABC. Esse foi um achado bem inusitado, porque estava eu perdida em ruazinhas por aí, e em uma delas, super pequena, havia um museu todo moderno por fora, e resolvi dar uma checada. Para minha surpresa o Museu é especializado em ILUSTRAÇÃO. Vocês devem imaginar minha cara de felicidade quando entrei, e ainda por cima dentro tem uma loja só com LIVROS ILUSTRADOS. É um sonho. Melhor lugar! E quase tive um infarto quando saindo de lá descobri que aquela ruazinha estava super perto da minha casa! Já sou cliente VIP. Vou quase toda semana, hahah. E apesar de ser um lugar super legal, é bem desconhecido, e a maioria das pessoas nem sabe da existência. Detalhe: é grátis. Quem vier pra cá, não deixa de dar uma passada! 🙂 Bom, o caderno que resolvi usar foi o Sketchbook Kraft Amarelo que tem folhas mais finas, na gramatura 90. Muito bom para técnicas mais secas ou até semi-úmidas, como canetinha. O papel aguentou super bem.

6

15

O terceiro lugar que descobri por acaso e também quase escorreu uma lágrima (como tô sentimental, haha), foi a Rosaleda de Madrid. Lá estava eu adentrando outras partes do Parque del Oeste e do nada chego num lugar meio escondido que dá num jardim de rosas. É lindo de morrer. Tem rosas de todos os tipos e sempre rolam competições. Com certeza irei lá várias vezes para buscar referências floridas 🙂 O caderno que escolhi foi o meu favorito, o Sketchbook Linho Montval. Ele tem um acabamento diferenciado, com capa de linho e fecho. O papel é canson montval, e foi a primeira vez que usei. Gostei muito! Diferente do outro, este não tem uma textura com linhas, então a pintura fica diferente e mais suave.

9

13

O quarto lugar que escolhi foi o meu curso. Que foi uma descoberta também, muito por acaso! Agora que começaram as aulas percebi que foi algo maravilhoso que apareceu na minha vida. E a minha aula preferida, que foi com a professora Mónica Muñoz, me fez perceber que posso experimentar no mundo da padronagem e fazer coisas super espontâneas para criar minhas estampas. Então escolhi pintar algo assim, que veio das inspirações das aulas, e da minha vontade de experimentar. Admito que quando escolhi o caderno Sketchbook Grafite Mini não pensava em usar aquarela, porque a gramatura não é tão alta. Porém, me empolguei, aguei tudo, além de desenhar com canetinha, e apesar do papel ter ficado enrugado, o resultado da pintura foi bem satisfatório, então continuarei fazendo experiências e é isso aí! Hahah.

7

12

Também ganhei um Kit de Journals Solar. Eles são ótimos para rascunhos, desenhar e escrever ideias, mas apenas com técnicas secas. Não desenhei neles porque resolvi dar de presente para uma grande amiga que veio me visitar 🙂 Se ela deixar, depois publico os maravilhosos letterings que ela faz, hehe.

11

E por fim, o mini-caderninho, que na verdade é um chaveiro porta post-it. Super legal! Não sei ainda onde pendurar, porque morro de medo de perder por aí. Mas achei super fofo, e é uma ótima ideia de presente 🙂

16

E ufa, caderno pra caramba! Nem acreditei que ganhei tanta coisa. Vou encher todos eles de desenhos nas próximas semanas e já divulgarei nas minhas redes sociais. Para quem ainda não conhecia a Miolito, vale muito a pena olhar o site e babar em tudo que eles produzem: http://www.miolito.com.br/

Espero que tenham gostado!

Té té 🙂

Anúncios

2 comentários sobre “Cadernos, cadernos, cadernos! – Miolito em Madrid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s