Carimbos

oi

Oi oi oi! Finalmente estou de volta.

Depois de postar nas minhas redes sociais tanto tipos de carimbos diferentes que aprendi no curso que estou fazendo aqui em Madrid, resolvi fazer um copilado e mostrar mais detalhadamente aqui no blog como é cada um. Que bom que estão todos interessados no assunto! Eu sempre achei super legal, mas por preguiça e falta de material no Brasil, nunca tinha tentando antes. Aqui mostrarei para vocês todas as técnicas que experimentei, e que depois se tiverem interesse, podem buscar na internet mais informações e tutoriais.

Carimbo com borracha.

blog

Foi o que eu gostei mais de fazer! Fazia tempo que procurava esse tipo de borracha grande mas nunca encontrei em lojas físicas (online não cheguei a pesquisar tanto). E bom, só agora na Espanha tive a oportunidade de testar essa técnica. A que eu comprei aqui se chama “Print Block Milan”. Para cavar a borracha eu comprei um kit de goivas que vem com cinco pontas diferentes que tu encaixa no suporte de madeira. Para estampar usamos tinta para Serigrafia, mas dá para usar tinta de tecido. Se você for estampar só papel, dá para experimentar com outros tipos de tinta, e se for em vidro, madeira ou qualquer outra coisa, utilize a tinta que for mais apropriada para cada material. Neste caso eu estampei em tecido, aquele tipo que é utilizado para ecobags. Então, resumindo:

Materiais

  • Borracha
  • Kit de goivas
  • Tinta de serigrafia/tecido ou outra
  • Tecido de algodão , papel ou outros materiais
  • Lápis
  • Papel
  • Rolinho pequeno, pincel ou esponja

goivas

Processo

Neste caso eu recortei um papel no tamanho da borracha e fiz o desenho ali. Com um lápis bem mole (acima de 4B), fiz um desenho no papel. Esse desenho tem que ser feito pensando que algumas partes vão ser cavadas e outras não. A parte que não for cavada é onde a tinta vai aderir e será a imagem estampada, enquanto os buracos serão as formas que ficarão sem tinta. O lápis ser 4B ou 6B é importante para que o desenho possa ser transferido com mais facilidade à borracha. É interessante já pintar no desenho as partes que vão ser cavadas, para não haver confusão. Depois de finalizar, coloca o papel sobre a borracha e com uma régua (você pode usar o que tiver à mão que funcione para pressionar o papel) vai pressionando o papel para todo o desenho ser transferido para a borracha. Com a imagem na borracha, já pode começar a cavar com a goiva que for mais adequada para seu desenho (se forem áreas pequenas, uma goiva de ponta fina, se for uma área grande, um ponta grande, etc). Apenas cave as áreas que estiverem preenchidas com o lápis. Nesse processo tem que tomar muito cuidado para não cavar o lugar errado e estragar a figura. O que me fez gostar mais dessa técnica é que a borracha é super macia e fácil de cavar, é até relaxante. Depois de terminado é só passar a tinta com um rolinho, pincel ou esponja e estampar na superfície que você queira!

blog3

Tem uma artista que faz um carimbos maravilhosos e sempre posta tutoriais. Ela inclusive lançou um livro que se chama “Make a Impression”que ensina todo o processo dela. Este é um dos vídeos que vocês podem conferir mais detalhadamente de como é o passo a passo da técnica:

Stamp Carving – Geninne D. Zlatkis

Carimbo com linóleo.

linoleo

Materiais

  • Linóleo
  • Kit de goivas
  • Tinta
  • Tecido/papel ou outro material
  • Lápis
  • Papel
  • Rolinho, pincel ou esponja
  • Ferro de passar roupa (se tiver)

Processo

É praticamente o mesmo da borracha. Faz todo o processo igual, a única diferença é que o linóleo é mais duro e fica muito mais difícil na hora de cavar. Para amolecer o linóleo tem o truque de passar o ferro de passar roupa de forma leve e rápida, sem parar em nenhum ponto nem ficar passando por muito tempo, porque pode queimar ou derreter o linóleo. Fazendo isso rapidamente, você percebe que o material dá uma amolecida e fica muito mais fácil de cavar. Quando começar a ficar duro de novo, é só passar o ferro.

Carimbo com acrílico e E.V.A.

metacrilato

Materiais

  • Placa de E.V.A adesiva
  • Placa de acrílico
  • Tesoura
  • Tinta
  • Rolinho, pincel ou esponja
  • Papel
  • Lápis
  • Tecido ou outro material

Processo

A placa de acrílico vai depender do tamanho que você quer fazer o carimbo. Na loja você pode pedir para cortar do tamanho que quiser, eu pedi um A5, mas no fim usei só a metade, ou seja, um A6. A placa de E.V.A é a adesiva porque fica mais fácil e rápida a execução, mas você pode comprar uma normal e depois colar com cola branca. O processo do desenho é quase o mesmo, a diferença é que ao terminar, você tem que transferir para outro papel ou coloca numa mesa de luz (ou na janela com claridade) para poder copiar o desenho para o outro lado da folha. A lógica é que seu desenho tem que estar espelhado para ser transferido para o E.V.A. Com essa etapa finalizada, você coloca o primeiro desenho feito (aquele que não está espelhado) embaixo da placa de acrílico, podendo enxergar perfeitamente o desenho. Então você pega o EVA desenhado e vai recortando os pedaços e colando no acrílico nos lugares exatos que aparecem no desenho que está em baixo. Após isso é só passar a tinta no carimbo e aplicar na superfície escolhida (tecido, papel, etc).

Carimbo com rolo e EVA.

rodillo

É a mesma lógica que o anterior, só que desta vez a superfície do carimbo é um rolo de cozinha. O interessante é que o rolo seja daquele tipo que as partes do rolo sejam separadas, para que quando você gire, a suas mãos não girem junto. Isso facilita na hora de estampar. Eu fiz com um rolo que era uma coisa só e deu certo, apenas tive maior dificuldade no processo. Também é interessante a dica de colar um papel por cima do rolo para que o adesivo de EVA não fique no rolo para sempre e acabe estragando na hora de tentar descolar.

Materiais

  • Placa de EVA
  • Rolo de cozinha
  • Tesoura
  • Papel
  • Lápis
  • Tinta
  • Superficie para estampar (tecido, papel, etc)
  • Rolinho, pincel ou esponja

Processo

Neste caso eu achei muito trabalhoso transferir um desenho exatamente como ele está no papel para o rolo, então resolvi fazer algo mais espontâneo e fui diretamente desenhando formas na placa de EVA e depois recortei todas e fui colando aleatoriamente no rolo (tecnicamente no papel que está colado no rolo). Depois é só passar tinta e rolar no tecido. Se o seu rolo não tem as partes divididas, na hora de rolar você acaba usando as mãos, braços e até cotovelo para poder chegar mais longe com o carimbo, haha. Por isso se conseguir encontrar um rolo que os pegadores não acompanhem a parte central, melhor. A tinta pode ir acabando no meio do processo, e a estampa vai acabar ficando com um degradê. Para evitar isso o truque é: com cuidado, ir parando o rolamento e ir acrescentando mais tinta no rolo enquanto estampa. PS: na foto dá para ver que eu não colei papel no meu rolo (esqueci!). Isso quer dizer que provavelmente vai ser difícil usa-lo novamente.

Estêncil.

pop

O estêncil não é um carimbo mas meio que segue a mesma lógica, então vou explicar aqui também.

Materiais

  • Folha de acetato
  • Estilete
  • Caneta que funcione no acetato (eu usei aquela permanentes de cd)
  • Papel e lápis
  • Tinta
  • Esponja

Processo

Num papel você faz seu desenho, sempre lembrando que partes vão ser vazadas. Depois coloca o acetato em cima do papel e com a caneta você copia o desenho pro acetato. Depois recorta as partes que devem ser vazadas do desenho com o estilete e quando finalizado é só colocar o estêncil sobre o tecido e preencher os buracos com tinta, usando uma esponja velha.

blog4

*As estampas rosas com amarelo texturizadas eu fiz usando o estêncil e aplicando os carimbos anteriores por cima.

———–

E é isso!

Gostaram?

Tentem em casa e depois me contem se deu certo 🙂

Té té!

 

Anúncios

10 comentários sobre “Carimbos

  1. Oi, Luiza! Tudo bem? 😀 Te indiquei para uma tag no meu blog… As pessoas mais próximas de mim já tinham sido indicadas e o propósito era indicar novos blogs… Não sei se vc gosta dessas coisas de tag, mas gosto muito do seu trabalho, então achei que de qualquer forma seria legal te indicar… caso ainda alguém não conheça! Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi Liliana! Desculpa a demora em responder… ultimamente minha cabeça tá só em projetos do mestrado e viagens, e o blog está ficando pra trás 😦 Adoraria responder as tuas perguntas, mas não conheço quase nenhum blog pra taguear! hehehe Como faz?

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s